terça-feira, 3 de junho de 2014

7 Mitos da Gravidez

Quando a mulher descobre que está grávida, são muitas as histórias, contos, lendas que as avós, tias, vizinhas contam sobre esse momento especial, de tal modo que a futura mamã fica sem saber se deve ou não acreditar. A maioria dessas informações passa de geração em geração e nem sempre são realmente verdadeiras.
Fiquem a conhecer algumas dessas histórias que por vezes deixam a futura mamã algo confusa.
1- Ficar em jejum para diminuir os enjoos – Não é verdade! Muito pelo contrário, a mulher deve comer mais vezes e em menos quantidade se quiser diminuir a sensação de enjoo.
2- A mulher deve comer por dois – Nem pensar. A mulher deve aumentar até 300 calorias por dia para que tenha uma gravidez saudável sem um grande aumento de peso. Essa quantidade já é suficiente para que o bebé se desenvolva de forma satisfatória. 
3- Barriga redonda indica menina e pontiaguda menino – A forma da barriga não tem qualquer relação com o sexo do bebé. A barriga desenvolve-se dependendo da forma física da mãe.
4- Exercícios físicos durante a gravidez fazem mal – As futuras mães não podem realizar as mesmas atividades físicas quando estão grávidas, mas exercícios supervisionados por um profissional especializado são mais do que recomendados. 
5- Se a grávida tem muita azia, é porque o bebé vai ser cabeludo – O que vai definir se o bebé vai ser ou não cabeludo não é a azia e, sim, a genética. A azia aparece porque o útero pressiona o estômago e causa um refluxo do ácido do estômago.
6- Se os desejos da grávida não forem satisfeitos o bebé pode nascer com algum problema – Os desejos são originados normalmente devido às necessidades do organismo da grávida. Mas se a mãe não comer o que deseja o bebé não nascerá com problemas.
7- O sexo pode prejudicar o bebé – O sexo só será proibido se o médico encontrar alguma alteração com a gravidez. Se não houver problemas com a grávida e com o bebé, o sexo está mais do que autorizado. 

© 2014 bybebé. Todos os direitos reservados.