quinta-feira, 13 de março de 2014

Banheira em forma de balde: Sim ou não?



É habitual os bebés chorarem durante o banho nas banheiras comuns, uma vez que estavam habituados a um ambiente tranquilo, protegido, aquecido, escuro e aquoso no útero materno. 

Quando se começa a dar banho ao bebé, o contacto da água com a sua pele vai relembrar o meio onde esteve durante o período de gravidez, mas que nada se compara com o ventre materno, pois encontra-se num ambiente luminoso, pouco aquecido e não está na posição fetal. Muitos bebés choram e ficam agitados durante o banho, originando por vezes cólicas.

Actualmente é possível recriar um ambiente aconchegante para o bebé quando este está a tomar banho, como se estivesse dentro da barriga da mãe. 

A banheira em forma de balde proporciona ao bebé uma experiência relaxante, porque permite que fica numa posição semelhante à que tinha quando se encontrava no útero materno. A água mantem-se quentinha durante mais tempo e o bebé pode ficar submerso do pescoço para baixo, o que lhe oferece um momento de tranquilidade e até pode chegar a adormecer durante o banho.

O banho de balde é indicado desde o nascimento até ao momento em que o bebé e a mãe deixam de se sentir confortáveis.

Sendo uma experiência única e diferente há alguns cuidados a ter:
Mesmo que o bebé se segure sem o apoio de um adulto na banheira em forma de balde, nunca deverá ser deixado sozinho no momento do banho. 
A temperatura da água deverá estar entre 35 e 37,5ºC. 
Para segurar o bebé: Coloca-se o bebé suavemente na água segurando-o debaixo dos braços, passando as mãos posteriormente para debaixo do seu queixo de forma a apoiar suavemente a sua cabeça.
Quando são bebés já com alguns meses e pretendem ficar de pé, não há qualquer inconveniente, desde que se tenha o cuidado de permanecer junto deles. 

Transforme a hora do banho num verdadeiro momento de cumplicidade com o seu bebé!

© 2014 bybebé. Todos os direitos reservados.